Girabola2017

18-05-2017 13:01

Santa Rita promete fazer "coisas diferentes" pela permanência

Em 14 jogos já disputados, o Santa Rita FC, consentiu nove derrotas, quatro empates e obteve uma vitória.
Santa Rita de Cássia

Santa Rita de Cássia

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

O treinador do Santa Rita FC, Kongolo Nseye, disse esta quarta-feira, que para alcançar as vitórias terá que fazer coisas diferentes, reiterando a meta que passa por somar pontos para não comprometer a permanência na I divisão.

Nkongolo Nseye que falava no fim da última sessão de treinos decorridos no estádio 4 de Janeiro, frisou que o Santa Rita FC encontra-se avisado que para alcançar as vitórias terá que fazer coisas diferentes, já que não basta realizar boas exibições e no fim do jogo a equipa sair do campo derrotada.

“No seio do grupo reina um ambiente saudável, fruto do diálogo existente entre jogadores, equipa técnica e direção. Isto leva-nos a espreitar novos rumos na prova, já que as derrotas fazem parte do passado”, disse, à Angop, lembrando que estão ainda em disputa 48 pontos, para o fim do GirabolaZap/2017.

Iniciadas na segunda-feira, dois dias depois da derrota de 0-1 diante do Petro de Luanda, as sessões de treinos do Santa Rita FC, basearam-se, entre outras, na recuperação física dos jogadores, correção dos erros defensivos e ofensivos, em vésperas da deslocação dos católicos a Luanda para o jogo da 15ª jornada, nesta sexta-feira (19), diante do 7º classificado, com 23 pontos, o Progresso do Sambizanga.

Trata-se de um desafio que vai colocar frente a frente duas equipas separadas por 16 pontos, já que o Santa Rita FC é o último classificado, com sete pontos, igualmente, ambos conjuntos vêm de resultados diferentes na jornada anterior, vitória para os “Sambilas” e derrota do Santa Rita FC.

Em 14 jogos já disputados, o Santa Rita FC, consentiu nove derrotas, quatro empates e obteve uma vitória.

Conteúdo publicado por Sportinforma