Futebol / Espanha

17-02-2017 19:01

Arrigo Sacchi: "Barcelona como rei da Europa morreu"

Antigo treinador do Milan, vencedor de duas Ligas dos Campeões, considera que o Real Madrid é o clube mais próximo de conquistar o título europeu.
Neymar marcou o único golo no Anoeta
Foto: EPA/Juan Herrero

epa05732348 FC Barcelona's Brazilian striker Neymar's during the King's Cup quarter final first leg match between Real Sociedad and FC Barcelona at Anoeta stadium in San Sebastian, Basque Country, Spain, 19 January 2017.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

É um dos mais icónicos treinadores da história e tem palavras muito fortes para o Barcelona. Arrigo Sacchi acredita que a era dos ‘blaugrana’ acabou e existem dois fortes candidatos a ocupar o trono da Europa.

“O Barcelona como rei da Europa acabou, morreu e o Real Madrid é o favorito para lhes suceder. Ainda assim, há espaço para aparecer alguém inesperado... Penso que a Juventus poderá ter esse papel. A equipa tem evoluído imenso e, em conjunto com o Real, são os favoritos à vitória na Liga dos Campeões”, afirmou o técnico italiano, em entrevista ao jornal italiano Gazzetta Dello Sport, apontando também as razões que levaram à queda do gigante espanhol.

“Dominaram a Europa durante dez anos, com um estilo de jogo impressionante, autênticas lições de futebol. Agora isso acabou, nem Messi consegue superar os adversários porque a máquina não funciona como um todo. Para recuperarem de um 4-0 (contra o PSG) precisariam de um milagre!”, explica o ex-técnico.

Arrigo Sacchi é um dos mais conhecidos técnicos italianos. O antigo treinador dirigiu o Milan durante cinco épocas e venceu duas Ligas dos Campeões consecutives com o clube milanês, em 1988/1989 e em 1989/1990. Tem também uma Liga Italiana e uma Supertaça Italiana no seu currículo.

Conteúdo publicado por Sportinforma