Sporting

11-02-2017 11:10

Barbosa arrasa Jesus: "Não respeita jogadores, adeptos nem árbitros"

Pedro Barbosa insurgiu-se contra Jorge Jesus, depois de o técnico ter responsabilizado João Palhinha pela derrota no passado sábado no Dragão frente ao FC Porto.
Jesus dá indicações a Palhinha
Foto: DR

Jesus dá indicações a Palhinha

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Pedro Barbosa insurgiu-se contra Jorge Jesus, depois de o técnico ter responsabilizado João Palhinha pela derrota no passado sábado no Dragão frente ao FC Porto. O antigo capitão do Sporting saiu em defesa de Palhinha e dos jogadores do Sporting e diz não entender as declarações de Jesus.

"Não lia guiões mas normalmente davam-me as indicações certas... Pois o Sporting jogou só com Palhinha, impressionante, esqueceu-se de entrar com 11. 'Não levou o guião certo'... Mas quem dá o guião, não é o treinador? 'Perdeu-se na primeira meia hora'... Liderar não é isto. Jesus não respeita os seus jogadores, nem a massa associativa, nem os árbitros. Tem sido isto ao longo do tempo e as pessoas vão-se habituando. Isto não é mau, é muito mau. O que ele fez a um jogador que chegou há pouco tempo é muito mau. A responsabilidade da derrota é da equipa do Sporting e na sua figura maior, do treinador. É assim em qualquer equipa. Quando atacas um jovem desta forma, desresponsabilizando-te, é muito mau", disse o ex-jogador leonino no 'MaisFutebol', da TVI24.

No rescaldo da derrota no Dragão, Jesus tinha dito que a aposta na formação pagava-se caro, deixando nas entrelinhas que tinha sido essa aposta uma das causas da derrota frente ao rival FC Porto. Pedro Barbosa lembrou-lhe que a desvantagem para os rivais foi cavada com os jogadores que Jesus escolheu e que entraram no Sporting no último verão.

"Esta equipa que estava a nove pontos não tinha jogadores da formação. É a tal desresponsabilização. Em julho chegaram 11 jogadores... todos da formação... Não ficaram no plantel Mané, Iuri, Podence, Geraldes e Palhinha. Isto não é estratégia, é falta de rumo. Depois temos estas tiradas. Inacreditável. Assistimos depois esta semana aos jovens da formação a darem a cara pelo Sporting e a responderem... não sei se foram... se houve pressão para dizerem isto... isto é apenas Jesus no seu pior", frisou Barbosa, sublinhando que "nenhum plantel se revê neste tipo de declarações".

"Jesus acaba sempre por surpreender pela negativa. Nenhum plantel se revê neste tipo de declarações. Se fosse jogador não gostava de ver um treinador atacar um colega meu desta forma. Imagino como se tenham sentido. Não entendo...", finalizou o antigo capitão do Sporting.

Conteúdo publicado por Sportinforma