O primodivisionário Paços de Ferreira venceu hoje o Sporting da Covilhã, no jogo de apresentação aos sócios do emblema da II Liga de futebol, por 6-5 no desempate nas grandes penalidades, após o 1-1 no final do tempo regulamentar.

À sétima tentativa, Ricardo Ribeiro defendeu o penálti batido por Daffé e deu a Taça IMB aos ‘castores’, depois de já ter parado as bolas de Zarabi e Joel, enquanto Bruno Bolas defendeu as grandes penalidades apontadas por Oleg e Luiz Carlos.

A primeira parte do quinto jogo de preparação das duas formações teve ocasiões de perigo criadas por ambas as equipas, mas os ‘castores’, a jogarem de início com três reforços, apresentaram-se mais competentes a aproveitar os erros adversários.

Adriano foi o primeiro a rematar, ao lado, e Matchoi ripostou. O serrano Kukula também assustou, com um remate rasteiro, que saiu ao lado do poste, mas foi o Paços de Ferreira a criar uma real ocasião de golo, quando Filipe Cardoso perdeu a bola em zona proibida, Tanque isolou-se e, apenas com o guardião serrano pela frente, acertou no poste, ao minuto 32.

Carlos Henrique foi obrigado a intervir para defender o remate de Vasco Rocha, na sequência de um mau alívio de Tiago Moreira e, ao minuto 40, os comandados de Filó chegaram à vantagem, numa jogada em que a bola foi rematada do meio-campo adversário sem ser intercetada, Matchoi, em velocidade, ganhou a bola, perante a passividade da defesa, e bateu o guarda-redes dos ‘leões da serra’.

Após o reatamento o Sporting da Covilhã, que começou a partida com quatro caras novas no plantel, mostrou-se uma equipa mais agressiva, mais pressionante, com maior pendor ofensivo, sem no entanto conseguir aproximar-se com perigo efetivo da baliza adversária.

A exceção aconteceu quando, já com várias alterações na equipa, Gilberto cruzou e Bonani, acabado de entrar em campo, atirou forte na esquerda para a igualdade, aos 75 minutos.

Perto do final do tempo regulamentar, os ‘castores’ estiveram por duas vezes próximos do golo, mas a bola desviada por Pedrinho (87) raspou no poste e o remate de Diogo Almeida (89) foi devolvido pelo poste, obrigando ao desempate nas grandes penalidades.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.