O presidente da Federação Palestiniana de Futebol, Jibril Rajoub, classificou hoje como um “cartão vermelho” a anulação do jogo amigável entre as seleções de futebol de Israel e Argentina.

“O que aconteceu ontem (terça-feira) foi um ‘cartão vermelho’ do resto do mundo aos israelitas para que percebam que não têm o direito de organizar jogos de futebol dentro das fronteiras que não são reconhecidas internacionalmente”, disse Jibril Rajoub em conferência de imprensa em Ramallah.

Na terça-feira, a equipa da argentina decidiu suspender o jogo de futebol na sequência da campanha do movimento BDS (Boicote, Desinvestimento e Sanções) contra Israel devido à ocupação dos territórios palestinianos.

A decisão de transferir o jogo amigável de Haiva para Jerusalém, enquadrado nas comemorações dos setenta anos da criação do Estado israelita, intensificou a campanha do BDS, que considera que a cidade está ocupada em violação do direito internacional.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.