A vitória por 3-0 do Brasil no terreno da Rússia, anfitriã do Mundial de futebol, foi o destaque principal do dia de muitos jogos particulares de preparação envolvendo seleções que vão estar presentes no Rússia2018.

Portugal, campeão europeu, derrotou em Zurique o Egito por 2-1, com dois golos de Cristiano Ronaldo em tempo de descontos, e a Alemanha, atual campeã do Mundo, empatou 1-1 com a anterior campeã, a Espanha, em jogo disputado em Dusseldorf.

No total, foram 23 equipas que vão ao Mundial a aproveitar a data para jogos de preparação. Dinamarca e Panamá já tinham jogado na quinta-feira e mais seis jogarão no sábado. Apenas a Bélgica não agendou jogos para esta semana.

A mais dilatada das vitórias fora foi mesmo a dos 'canarinhos' em Moscovo, no estádio Luzhniki. Mesmo sem Neymar, O Brasil foi amplamente dominador, com Tite a ter ensejo para muitas experiências, utilizando no total 17 jogadores.

João Miranda, aos 53, Philippe Coutinho, aos 62, de grande penalidade, e Paulinho, aos 66, fizeram os golos do dia.

Na Suíça, Portugal só superou o Egito para lá do minuto 90, em duas ocasiões em que Cristiano Ronaldo finalizou a passe de Ricardo Quaresma.

Mohamed Salah, melhor goleador do campeonato inglês, adiantara os africanos aos 56 minutos e depois foi preciso esperar até que se entrasse no tempo adicional para assistir à reviravolta.

Aos 90+2 e 90+5, 'CR7' ampliou ainda mais o seu recorde de golos ao serviço da seleção principal, que passa para 18.

Os três adversários de Portugal na fase de grupos do Mundial, ou seja Irão, Espanha e Marrocos também jogaram hoje, com resultados bem diferentes.

A Espanha, que se cruza mais uma vez com Portugal na fase final de um grande torneio, deu boas indicações ao empatar em casa da Alemanha, atual detentora do troféu. Rodrigo adiantou os espanhóis aos seis minutos e Thomas Muller empatou, aos 35.

Marrocos ganhou por 2-1 à Sérvia, em jogo realizado em Turim. Golos de Tadic (37) para a Sérvia e Ziyech (29, de grande penalidade) e Boutaib (40), para Marrocos.

E o Irão, seleção treinada pelo português Carlos Queiroz, foi perder por 1-0 com a Tunísia, com um autogolo de Milad Mohammadi, aos 71 minutos.

Além de Brasil, Espanha e Alemanha, outros quatro antigos campeões do Mundo estiveram em ação - França, Argentina, Inglaterra e Uruguai.

Os gauleses deixaram-se surpreender no Stade de France e perderam com a Colômbia, por 3-2. Com Lionel Messi, tocado, a não sair do banco, em Manchester, a Argentina ganhou à Itália, por 2-0, e a Inglaterra foi ao Amsterdam ArenA bater a Holanda, por 1-0.

Mais cedo, na China Cup, o Uruguai derrotou a República Checa com golos de Suárez, de grande penalidade, e de Cavani, de ‘bicicleta’.

Shoya Nakajima, jogador do Portimonense, fez o golo do Japão no empate com o Mali, 1-1.

Particulares realizados esta sexta-feira:
Uruguai - Rep. Checa, 2-0
Mali - Japão, 1-1
Azerbaijão - Bielorrússia, 0-1
Chipre - Montenegro, 0-0
Macedónia - Finlândia, 0-0
Rússia - Brasil, 0-3
Senegal - Uzbequistão, 1-1
Bulgária - Bósnia Herzegovina, 0-1
Gâmbia - RC África, 1-1
Noruega - Austrália, 4-1
Turquia - República da Irlanda, 1–0
Grécia – Suíça, 0–1
Hungria – Cazaquistão, 2-3
Tunísia - Irão, 1-0
Ucrânia - Arábia Saudita, 1-1
Sérvia – Marrocos, 1-2
Áustria – Eslovénia, 3-0
Alemanha – Espanha, 1-1
Itália – Argentina, 0-2
Holanda – Inglaterra, 0-1
Polónia – Nigéria, 0-1
Portugal – Egito, 2-1
Escócia – Costa Rica, 0-1
França – Colômbia, 2-3

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.