Fernando Santos não esteve com rodeios para falar sobre a exibição de Cristiano Ronaldo, que brilhou no triunfo tardio de Portugal diante do Egito (2-1), em jogo de preparação para o Mundial 2018.

"Ronaldo é isto. Ronaldo é golo, é golo", limitou-se a dizer o selecionador nacional à RTP. O técnico não gostou da segunda parte da equipa das quinas, mas elogiou a reação lusa nos últimos 10 minutos.

"Tentei retificar ao intervalo, mas a verdade é que não entrámos tão bem. Sofremos um golo num lance em que me pareceu ter faltado alguma agressividade ofensiva. O Egito fez o golo e depois disso estivemos mal, francamente mal naqueles 15 minutos seguintes. As substituições naquele momento também dificultaram, demoraram a entrar no ritmo", analisou.

"A nossa segunda parte valeu depois dos 35 minutos, valeu pela atitude dos jogadores, A equipa subiu no terreno e nos últimos 10 minutos criámos quatro oportunidades de golo. Fizemos dois golos. Esta equipa é assim, não aceita perder, quer sempre vencer", defendeu Fernando Santos, voltando a garantir que os encontros com Egito e Holanda "não servem para avaliar a qualidade individual" dos jogadores à sua disposição.

"São outras questões, tem a ver com a forma como se adaptam à estratégia da equipa, aquilo que nos têm para dar de diferente em relação a outros. Essas coisas é que são importantes", assegurou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.