O jogo de preparação entre Argentina e Israel foi cancelado devido a ameaças de morte a Lionel Messi e à sua família, garantiu esta quarta-feira a ministra da Cultura e Desporto israelita, Miri Regev.

Em declarações à imprensa local, a ministra da Cultura e Desporto de Israel garantiu que: "a partida [com a Argentina] foi suspensa por uma única razão, ameaças de morte a Messi e à sua família".

Para sustentar a sua tese, Miri Regev revelou ainda fotografias de camisolas da Argentina 'ensanguentadas' que foram usadas para ameaçar o craque argentino do Barcelona, e que terão sido enviadas pelo movimento BDS.

"Estas fotos mostram elementos terrorista a ameaçarem a vida de Messi, da sua família e de outros elementos da equipa argentina. É o velho-novo tipo de terrorismo, que ameaça os desportistas. É o mesmo terrorismo que causou o massacre de Munique de 72", afirmou Miri Regev.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.