O selecionador brasileiro, Tite, adiou para 12 de março o anúncio da lista de convocados para os particulares com Rússia e Alemanha, devido às lesões de alguns jogadores, incluindo Neymar, revelou hoje a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Numa nota publicada no seu site oficial, o organismo justifica esta decisão pela “necessidade de um tempo maior de observação de atletas clinicamente impossibilitados de atuar neste momento”, sem nunca mencionar a situação do avançado do Paris Saint-Germain.

Neymar, a grande ‘estrela’ da seleção brasileira, lesionou-se no último fim de semana ao serviço dos parisienses, no triunfo por 3-0 sobre o Marselha para o campeonato, e poderá ficar ausente dos relvados durante um período alargado.

Hoje, tanto imprensa francesa como brasileira, avançaram que o jogador de 26 anos iria ser operado a uma fratura do metatarso no pé direito e, por isso, só voltaria a atuar em maio, situação entretanto desmentida pelo espanhol Unai Emery, treinador do Paris Saint-Germain.

O técnico dos parisienses espera mesmo contar com Neymar, o jogador mais caro da história do futebol, no duelo com o Real Madrid, em 06 de março, em jogo da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.