Melhorar os níveis de capacitação e formação técnico-profissional dos árbitros no domínio da língua inglesa e francesa, assim como reforçar a interação entre núcleo e a Associação Provincial de Futebol são as prioridades do novo presidente do núcleo de arbitragem da Huíla, Jerson Emiliano dos Santos, eleito nesta terça-feira.

Com um mandato de quatro anos, o árbitro assistente internacional falava à Angop após a assembleia de balanço e renovação de mandatos, que o elegeu (lista única) com 18 votos a favor, três contra e uma abstenção, em substituição do então árbitro internacional Romualdo Baltazar, que ocupou o cargo desde 2012.

O árbitro que esteve no mundial da Rússia, em 2018, apontou igualmente como desafios a consolidação dos projetos arquitectados nos mandatos anteriores e a reestruturação da organização para que se tenha árbitros de alto nível e que mereçam a atenção da CAF e da FIFA.

Considerou ser imprescindível que os 28 filiados ao núcleo possam ser regulares no pagamento de quotas para garantir estabilidade do núcleo, para além de persuadir a classe empresarial local e vários atores da sociedade angolana a apoiarem a agremiação, para que venha a se diminuir as dificuldades que os árbitros locais encaram.

Disse que o mandato anterior não conseguiu dar seguimento a vários programas em prol da formação dos árbitros devido à problemática da crise financeira mundial, mas acredita que independentemente da crise provocada pela pandemia da covid-19 os objetivos mencionados serão concretizados.

Jerson Emiliano dos Santos já esteve igualmente nos ‘’mundiais’’ de sub17, em 2015, no Chile, e de Clubes, disputado em 2016, no Japão.

De entre os destaques da sua atividade internacional, o juiz  já fez parte de três Campeonatos Africanos das Nações (CAN) em seniores, um de sub17, sub20 e outro em sub23 e nos jogos olímpicos da juventude realizados em 2014, em Beijing (China).

Foi o único lusófono entre os 44 juízes auxiliares eleitos pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) para a 21ª edição do campeonato do mundo de sub-20, que disputou-se de 30 de Maio a 20 de Junho na Coreia do Sul.

Integram o elenco de Jerson Emiliano um outro assistente internacional, Estanislau Guedes como vice-presidente, e como secretário-geral Elias Calei.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.