As ausências do avançado Zito Luvumbo e do médio Osvaldo Capemba "Capita" na seleção nacional de futebol sub-17 é lamentada pelo presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Artur de Almeida e Silva.

Os dois jogadores do 1º de Agosto falham a deslocação à Turquia quarta-feira onde a seleção nacional sub-17 irá competir no torneio de desenvolvimento UEFA/CAF de 20 a 27 do corrente mês na cidade de Istambul, situação que deixa Artur Almeida preocupado e apela a uma melhor concertação entre as partes relativamente à situação de Capita.

Segundo o responsável, pelo potencial que possuem, ambos os jogadores fazem falta à seleção que tem tido uma intensa preparação, tendo em vista a participação inédita no Campeonato do Mundo da categoria no Brasil de 26 de Outubro a 17 Novembro.

"Os melhores jogadores fazem sempre falta às seleções nacionais e gostaria que eles fossem a Turquia já agora", frisou.

Zito Luvumbo integra o plantel principal dos campeões nacionais que disputa o Girabola e Liga dos Campeões Africanos, enquanto Capita encontra-se suspenso devido a um desacordo contratual com o clube "militar”.

Capita foi o melhor marcador pela seleção nacional em Abril do corrente ano, com quatro golos no Campeonato Africano que decorreu na Tanzânia, onde Angola ficou na terceira posição.

Para esta empreitada, a seleção é constituída pelos jogadores: Cambila, Geovanni e André (Guarda-Redes), Gege, Domingos, Pablo, Afonso Mimo, Tino e Porfirio, Manilson (Defesas) Beni, Zine, Maestro, Pedro, Nelinho, Netinho, Abdul (Médios), Claúdio, Cakotila e David (Avançados).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.