O Wiliete Sport Clube de Benguela contratou 12 atletas visando o Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola 2020/21, afirmou à Angop, nesta sexta-feira, o vice-presidente da agremiação, Victorino Visele.

Trata-se dos pontas-de-lança Beto, proveniente do Ferrovia do Huambo, Júnior Beleza (ex-Baixa de Cassanje) e Miguel (ex-FC Bravos do Maquis).

Dos médios Castro, proveniente do Sporting de Cabinda, Mano Mano (ex-Académica do Lobito), Aníbal (ex-Sagrada Esperança), Bugo (ex-Petro de Luanda) e Sequesseque (ex-Ferrovia do Huambo).

Juntam-se ainda ao clube, os defesas centrais Sebas (ex-Santa Rita do Uíge), Jusy (ex-Ferrovia do Huambo), bem como os laterais Feto (ex-Ferrovia do Huambo) e Alexandre (ex-Sagrada Esperança).

Brazuca, capitão da época passada, renovou contrato por mais uma temporada, devendo a agremiação contar com  mais dois reforços.

O plantel teve 31 atletas na época passada, dos quais sete foram dispensados e sete regressaram aos seus clubes de origem (estavam emprestados).

Victorino Visele disse que existem conversações avançadas com dois técnicos nacionais para substituição do antigo treinador Agostinho Tramagal.

O Wiliete Sport Clube de Benguela foi fundado a 14 de Setembro 2018, tem como presidente de direcção Wilson Fernando Faria.

O conjunto disputa os seus jogos no Estádio Nacional de Ombaka.

Até a anulação do último Girabola, devido à pandemia da covid-19, o Wiliete ocupava a nona (9ª) posição, com 28 pontos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.