A 62.ª edição do São Silvestre de Luanda, que acontece na noite do último dia do ano à noite, a 31 de dezembro vai custar cerca de 200 mil euros.

O valor, igual ao de 2013, foi avaliado e proposto pela organização do evento, a Federação Angolana de Atletismo (FAA), estando à espera de uma resposta positiva por parte do Ministério da Juventude e Desportos, tendo em conta os cálculos para as despesas.

Entretanto, o presidente da FAA, Bernardo João, fez saber que os preparativos para a corrida pedestre de fim-de-ano estão a decorrer: “Já criamos as condições de trabalho. Estamos todos empenhados, mas temos que fazer chegar o documento à ministra da Juventude e Desportos”.

Bernardo João acrescentou também que esteve no congresso da Confederação Africana de Atletismo, onde os países da região cinco em que Angola também faz parte manifestaram o interesse de participar no São Silvestre de Luanda.

Quanto aos prémios do maior evento desportivo anual, o dirigente não revelou, uma vez que a organização ainda está envolvida na procura de patrocínios para todas as categorias.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.