Durante o mercado de transferências o clube treinado pelo português Paulo Fonseca decidiu utilizar o alcance que os anúncios dos reforços tinham para sensibilizar os internautas para os casos de crianças desaparecidas.

Para isso juntaram-se a diversas organizações que se dedicam a estes casos e colocaram imagens das crianças nos vídeos de apresentação de jogadores.

Em julho a campanha deu o primeiro resultado, quando uma criança que surgia na apresentação do defesa turco Mert Cetin foi encontrada em Londres. Também no início deste mês uma criança belga que surgia no ‘post’ de apresentação de David Zappacosta foi encontrada.

No último fim de semana a iniciativa voltou a dar boas noticias: a criança que surgia no anúncio de Henrikh Mkhitaryan foi encontrada, curiosamente no mesmo dia em que o jogador se estreou a marcar com a camisola do Roma.

E já durante a manhã desta terça-feira, o clube italiano anunciou que mais uma criança queniana presente no vídeo de apresentação, neste caso de Chris Smalling, foi encontrada a são e salvo.

Foram crianças de cinco países (Itália, Estados Unidos, Reino Unido, Espanha e Quénia) que foram divulgadas nos vídeos do clube durante o mercado de transferências, com a esperança de (continuar) a dar boas notícias às suas famílias.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.