A euforia tomou conta do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na cidade Invicta, após o triunfo histórico do Sporting de Braga sobre o Sevilha por 4-3, num encontro onde se disputava um lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Com mais adeptos, cerca de 2.500, do que a noite em que os arsenalistas se sagraram vice-campeões nacionais, em Maio deste ano, o aeroporto esteve pintado de vermelho e branco e os bracarenses entoavam cânticos enquanto se esperava pelos heróis do Minho.

No momento em que o presidente da Câmara Municipal de Braga, Mesquita Machado, e o presidente do Sporting de Braga, António Salvador, apareceram, à 1h30, na aerogare, houve uma primeira explosão de euforia por parte dos adeptos bracarenses. Mas a verdadeira explosão de alegria deu-se quando surgiu Domingos Paciência e os jogadores, meia hora depois.

Depois de receberem uma "chuva" de aplausos, a comitiva bracarense entrou no autocarro e partiu para a capital do Minho.

Devido à hora tardia de chegada a Portugal o treino desta quarta-feira foi cancelado. A preparação do jogo com o Marítimo arrancará apenas na quinta-feira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.