O guarda-redes português Beto concedeu uma entrevista ao jornal espanhol AS, onde fala sobre Cristino Ronaldo e Lionel Messi. O guardião dos turcos do Goztepe considera que CR7 "continua a ser o melhor do mundo" e que o argentino é "um dos melhores de sempre" da história do futebol.

"Messi ou Ronaldo? São jogadores diferentes. Obviamente são jogadores com características diferentes. Messi é um jogador espetacular e que é um dos melhores da história do futebol. Cristiano continua a ser o melhor do mundo por muitos motivos, porque gosto muito da forma como joga, porque é meu amigo e companheiro. Mas estamos a falar de duas grandes estrelas. Mas para mim, o Cristiano continua a ser o melhor", disse o internacional português.

Beto desfez-se ainda em elogios ao golo de bicicleta marcado por de Ronaldo em Turim, no encontro entre Juventus e Real Madrid (0-3) a contar os quartos de final da Liga dos Campeões.

"É um dos melhores golos da carreira dela na 'Champions'. O Cristiano está num grande momento, continua a ser o melhor do mundo para mim, mantendo o nível mais alto", afirmou o atleta de 35 anos.

Sobre a possível ida de Cristiano Ronaldo para a Turquia, onde o português chegou a ser apontado ao Besiktas, Beto referiu que qualquer decisão cabe ao ainda jogador do Real Madrid.

"Não sei. Não tenho ideia, porque nunca perguntei a Cristiano se quer jogar no Besiktas ou se gosta do clube É uma questão que Cristiano deve decidir. Ele sabe o que tem de fazer. É uma decisão dele. Não faço ideia", salientou o internacional português.

Participação de Portugal no Campeonato do Mundo da Rússia

Questionado sobre quem são as seleções favoritas à conquista do Mundial deste ano, o guarda-redes respondeu que Portugal não está nesta lista, mas revelou que gostava que a seleção portuguesa chegasse à final.

"São sempre os mesmos: Brasil, Alemanha, França, mas nós respeitamos todas as equipas. Somos Portugal, que quer chegar à final e fazer um grande Mundial", começou por dizer Beto.

"Penso que Portugal não é favorito, mas sim um candidato. Porque Portugal marcou uma posição muito forte no mundo depois de ganhar o Europeu. É um grande coletivo com o melhor jogador do mundo. Além do melhor jogador do mundo, temos uma grande equipa e um grande treinador, uma estrutura muito forte, muito bem organizada pela Federação Portuguesa de futebol", acrescentou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.