Esmeraldo Chipeio "Geny" (lista A) foi eleito hoje, sábado, com cinco (5) votos a favor e um (1) contra, novo presidente da Associação provincial de Andebol de Benguela (APAB), suplantando o candidato da lista B, Manuel Betencourt.

O acto eleitoral, que durou algumas horas, foi presidido por João Gabriel e elegeu ainda como vice-presidentes para Administração e Finanças, Desporto e Formação, Natália Boavida, Carlos Baptista e Olavo Livulo, respectivamente.

Integram ainda os órgãos sociais, António Nunguno (presidente da mesa da assembleia-geral), João Xavier (presidente do conselho fiscal), Domingos Abel (presidente do conselho de disciplina), Abílio Mbuende (conselho jurisdicional), José Lutucuta (conselho técnico), Felisberto Chingueless (conselho de arbitragem) e Rosário Miranda (comunicação e marketing).

Em declarações à Angop, após a sua eleição, Esmeraldo Chipeio apontou a união da família do andebol a nível de Benguela, a formação de técnicos e árbitros, o levantamento do activo da associação, entre outros aspectos, como prioritários durante o seu mandato de quatro anos

Reafirmou que vai também apostar na massificação da modalidade, sobretudo a nível escolar, para geração de novos talentos em ambos os sexos.

Já o porta-voz da lista derrotada, Antero Chindungo “Didi”, felicitou a lista vencedora e disse que acima de tudo venceu o andebol em Benguela e que para frente é o caminho.

Esmeraldo Chipeio substitui Rui Ferreira, que ficou no cargo dois mandatos e meio (dez anos) e decidiu não se recandidatar ao cargo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.