Goleador brilhante na sua passagem por Portugal, onde representou Sporting e FC Porto, Mário Jardel também passou um período negro, onde teve contacto com drogas.

"Entrei por curiosidade. Estava a jogar futebol na Europa, conheci umas pessoas e ofereceram-me. Comecei a fazer com regularidade nas férias, porque durante a época tinha os controlos antidoping. É um dos problemas do futebol, tens muito dinheiro e existem muitas armadilhas, más amizades, tentação e curiosidade", confessou em entrevista ao canal do youtube pilhado.

Contudo, o antigo goleador confessa que está completamente curado do vício da cocaína.

"Estou livre dessas coisas más e a minha esposa foi essencial nisso. Esteve ao meu lado até em coisas simples. Quando ia a festas levava-a sempre, porque nesses ambientes é mais provável de acontecer, sobretudo com a bebida que puxa muito. Agora quero passar uma boa imagem para os meus filhos, fazer algum trabalho social e dar palestras para que os mais novos não caiam nos mesmos erros que eu", finalizou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.