Esta noite, Marcelo Bielsa e o Leeds United foram os vencedores do prémio Fair Play na cerimónia dos prémios The Best da FIFA. Em causa está um episódio que remonta a abril deste ano. Recorde a história.

Conhecido por 'El Loco', pela forma como defende as suas ideias, o técnico argentino do Leeds United foi protagonista de um dos mais belos momentos de fair-play de que há memória no futebol.

Com o Leeds obrigado a vencer para continuar a sonhar com a promoção direta para a Premier League, o técnico deu instruções para que a sua equipa sofresse um golo de propósito: aos 72 minutos, com Jonathan Kodjia no chão e o Aston Villa à espera de uma interrupção de jogo, o Leeds atacou e colocou-se em vantagem na partida, com um golo de Mateusz Klich.

O lance deu origem à expulsão de um jogador do Aston Villa, por protestos, e a uma discussão entre os bancos das duas equipas, com John Terry, treinador do Aston Villa, a acusar o adversário de falta de ‘fair play’.

O técnico argentino Marcelo Bielsa, conhecido como ‘El loco’, não terá gostado do comportamento da sua equipa e ordenou-lhes que parassem e permitissem à equipa visitante chegar ao empate.

Aos 77 minutos, com os jogadores do Leeds todos parados, Albert Adomah empatou a partida, “selando” a subida do Sheffield United e empurrando o Leeds para os ‘play-offs’ de acesso à liga inglesa.

Um gesto que correu mundo, mostrando, mais uma vez, que no futebol, ganhar não é tudo. Há valores que vão para lá do vencer e perder.

É caso para dizer que Marcelo Bielsa passou de 'El Loco' para 'El Justo'.

Veja o lance!

Confira tudo o que aconteceu na gala da FIFA no live blog do SAPO Desporto.

*Artigo originalmente publicado a 29 de abril de 2019

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.