O francês Kylian Mbappé é, pelo segundo ano consecutivo, o futebolista sub-21 mais valioso do mundo de acordo com o relatório anual da Soccerex, que coloca João Félix no sexto posto, avaliado em 71,8 milhões de euros (ME).

O avançado português transferido recentemente do Benfica para o Atlético de Madrid, por 120 ME, é avaliado em baixa no relatório anual da Soccerex, que recorre ao Prime Time Sport’s Football Value Index, que avalia jogadores nascidos após 01 de janeiro de 1998.

O valor de Mbappé, do Paris Saint-Germain, é calculado em 261,6 ME, mais do dobro do segundo classificado, o inglês Jadon Sancho (120,3 ME), do Borussia Dortmund, e o triplo do holandês Matthijs De Ligt (74,5), do Ajax, terceiro na hierarquia.

O defesa brasileiro Éder Militão, que se transferiu do FC Porto para o Real Madrid por 50 ME, fecha o ‘top 10’ daquele indexante, com um valor de mercado de 54,6 ME.

Este ‘ranking’ é elaborado tendo em conta a idade do jogador, a posição, o clube atual, a extensão do contrato, a perceção de valor de mercado, o número de internacionalizações, minutos jogados, golos marcados, lesões e qualidade técnica.

A Inglaterra, que em 2017 se sagrou campeã do mundo de sub-17 e sub-20, é a nacionalidade mais representada no ‘top-20’, com seis jogadores, à frente de França (quatro), Brasil (três) e Itália (dois), enquanto Portugal, Holanda, Estados Unidos, Alemanha e Nigéria têm um cada.

A responsável pelo relatório vai organizar a edição europeia da Soccerex de 2019, em 05 e 06 de setembro, em parceria com a Federação Portuguesa de Futebol e com o apoio da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, em Oeiras, onde é esperada a presença de mais de 1.500 figuras para discutir o futuro da modalidade no continente.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.