Lars-Christer Olsson criticou as notícias que tem vindo a público sobre um plano dos clubes mais ricos da Europa em criar uma Superliga. Em comunicado, o presidente das Liga Europeias diz-se farto das ameaças que podem "ecossistema do futebol tal como o conhecemos".

"Estamos fartos destas ameaças vindas dos clubes mais ricos. Ameaças que vão quebrar o ecossistema do futebol tal como o conhecemos e criar uma economia privada. [...] O profissionalismo não é um negócio para uma minoria onde apenas o tamanho das carteiras determinada a entrada", escreveu Lars-Christer Olsson, em comunicado.

Diz o 'Financial Times' que Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, estará em contacto com o fundo 'CVC Capital Partners' para a criação de uma prova que poderá rivalizar com o Mundial de Clubes da FIFA. Esta nova competição envolveria 40 equipas de topo divididas em duas ligas, cujos prémios seriam o dobro do que oferece hoje em dia a UEFA com a Liga dos Campeões.

Luís Figo e Ceferin, presidente da UEFA, já tinham criticado as notícias sobre um plano liderado pelo presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, de criar uma Superliga Europeia com os 40 clubes mais ricos, separados em duas divisões, para uma prova que poderia substituir a Liga dos Campeões.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.