Ricardo Quaresma voltou a recorrer às redes sociais vincar uma vez mais a sua posição na luta contra o racismo, sublinhando uma vez mais o orgulho que sente no facto de ser cigano e recordando o passado futebolístico da família, com uma alusão ao tio-avô Alfredo Quaresma.

"Ontem como hoje, a família Quaresma sempre soube estar do lado certo da história. E nunca se vergou nem teve medo de dizer não ao racismo", escreveu o internacional português, terminando com as hashtags 'Diz não ao racismo' e 'Diz chega ao Ventura'.

O agora jogador do Kasimpa aludiu ao facto de o seu tio-avô, Alfredo, também ele antigo futebolista internacional por Portugal, se ter recusado a fazer a saudação nazi em 1938, aquando de um Portugal-Espanha jogado durante a Guerra Civil Espanhola.

Terça-feira, recorde-se, Quaresma deixou uma mensagem nas redes sociais contra o "populismo racista" de André Ventura, deputado do Chega, que entretanto respondeu ao futebolista, criticando-o por se intrometer no meio político.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.