O treinador holandês Pim Verbeek, antigo selecionador da Coreia do Sul e da Austrália, morreu hoje aos 63 anos, depois de quatro anos de uma batalha contra o cancro.

A informação foi avançada pela imprensa holandesa, mas também pelo Sparta Roterdão, clube em que jogou, com o emblema a informar que disputará o jogo de sábado, da Liga holandesa, em casa do Willem II, com fumos negros.

“Pim Verbeek regressou em fevereiro deste ano ao seu adorado Sparta Roterdão, como membro da equipa técnica. Neste período, apesar da sua saúde frágil, dedicou-se totalmente aos aspetos técnicos”, refere o clube.

O treinador, que orientou em 2018 e ainda no início do ano a seleção de Omã, apurou em 2010 a Austrália para o Mundial da África do Sul, e contribuiu, em 2002, como adjunto, para a Coreia do Sul, de Guus Hiddink, chegar às meias-finais.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.