André Villas-Boas, antigo treinador do Tottenham, garantiu hoje que José Mourinho é o homem ideal para levar o clube da liga inglesa de futebol ao êxito.

“Se há um treinador capaz de fazer o Tottenham ganhar, esse técnico é José Mourinho”, assegurou o antigo adjunto do ‘special one’, que agora comanda os franceses do Marselha.

Villas-Boas, que segue em segundo lugar em França e que orientou o Tottenham em 2012/13, admitiu, contudo, a ligação insólita na junção entre Mourinho e o proprietário do clube, Daniel Levy, que o despediu para surpresa geral.

“Conheço-o bem [Levy]. Este é um casamento incomum. São dois personagens. Acho que não vai funcionar muito bem, mas se há um técnico no mundo capaz de vencer no Tottenham, é José Mourinho. Ganhou em todos os clubes por onde passou”, justificou.

José Mourinho substituiu Maurício Pochettino, que na época passada levou o clube à final da Liga dos Campeões, contudo este ano a equipa ocupa um modesto 14.º lugar no campeonato, com somente 14 pontos em 12 jornadas.

Villas-Boas entende que, com esta opção, “cara, contra a filosofia do Tottenham”, o clube aponta “direto ao objetivo e aos troféus”.

“Para Levy, todos os homens são números, mas com José esses números são elevados”, frisou.

Adjunto de Mourinho no FC Porto, Chelsea e Inter, entre 2003 e 2009, Villas-Boas estranha o facto do seu antigo líder técnico ter estado tanto tempo inativo.

“Um treinador como ele, com a sua carreira, com a quantidade de troféus que conquistou, não pode passar 11 meses em clube. Alguns fazem um ano sabático, como eu, mas Mourinho não é esse caso”, vincou.

O português realçou ainda a “enorme paixão” de Mourinho pelo futebol, considerando mesmo que o seu antigo companheiro “é obcecado por futebol”.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.