Durante um programa do Canal 11, Vítor Baía questionou Luiz Felipe Scolari, atual treinador do Palmeiras, sobre o motivo para o ter deixado de fora da convocatória para o Euro 2004.

"Não podemos deixar de falar de um tema que nos diz muito, somos pessoas crescidas, eu estou noutra fase da minha vida, o mister continuou a sua carreira brilhante, mas não podemos deixar de colocar a questão que vale 'um milhão de euros': Quer falar sobre a minha não convocação para o Euro'2004?", questionou o antigo guarda-redes.

"Olha, Vítor, era uma opção minha. Quando um técnico chega a um país não tem conhecimento completo da cultura, ouve aqui e ali e faz algumas escolhas", começou por dizer o ex-selecionador nacional.

"A gente já se encontrou e não tem inimizade nenhuma. Não tem... foi por isso ou por aquilo. Fiz aquela escolha, escolhi aquele caminho. Se tivesse de escolher mais tarde, talvez fizesse diferente, não sei. Mas não vamos ficar a remoer, amargorados para o resto da vida. Somos crescido e temos tanta coisa para viver. O que foi deixado de lado é deixado de lado e a amizade continua", explicou Scolari.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.