O Bayern Munique sagrou-se campeão alemão pela sexta vez consecutiva. Os bávaros venceram o Augusburgo por 4-1 no dérbi da Baviera, sagrando-se assim campeões, quando ainda faltam cinco jornadas para o fim do campeonato.

Já a pensar no jogo da próxima semana com o Sevilha, da segunda-mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, Jupp Heynckes deixou vários titulares no banco: Robert Lewandowski, Thomas Mueller, Thiago Alcantara, Mats Hummels, Franck Ribery e Javi Martinez eram os suplentes, num jogo onde o favoritismo continava do lado do Bayern.

Mas quem marcou primeiro foi Augsburgo, graças a um autogolo de Niklas Suele. O guarda-redes Sven Ulreich tentou afastar uma bola, acertou na cara do jovem central, que fez um autogolo caricato.

Mas os campeões responderam e deram a volta ao jogo em cinco minutos: aos 32 o francês Corentin Tolisso empatou o jogo, aos 38 o ex-portista James Rodriguez fez o 2-1. O 3-1 é obra de Arjen Robben, aos 62, o 4-1 foi marcado pelo avançado Sandro Wagner aos 87 minutos.

O Bayern Munique chegou aos 72 pontos e já não poderá ser alcançado. Os bávaros podem assim concentrar-se apenas na Liga dos Campeões, onde já tem um 'pé e meio' nas meias-finais, depois de venceram o Sevilha por 2-1 na primeira-mão dos 'quartos', em Espanha.

A vitória permite ao Bayern Munique reforçar o recorde de títulos consecutivos e passaram a contar mais 19 troféus do que o Nuremberga, segundo do ‘ranking’, com apenas nove.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.