O argentino David Abraham, jogador do Eintracht Frankfurt, foi suspenso por sete semanas, por ter derrubado o treinador do Friburgo durante o encontro entre as duas equipas, anunciou hoje a Federação Alemã de Futebol (DFB).

O defesa central, de 33 anos, colega de equipa dos portugueses André Silva e Gonçalo Paciência, vai cumprir a suspensão até 29 de dezembro, falhando, desta forma, as seis partidas que a formação de Frankfurt vai disputar na Liga alemã até final do ano.

Abraham foi ainda multado em 25.000 euros, tendo o Eintracht Frankfurt anunciado já a intenção de recorrer do castigo aplicado ao ‘capitão’ de equipa.

No domingo, Abraham foi expulso aos 90+6 minutos do encontro entre Friburgo e Eintracht Frankfurt, da 11.ª jornada da ‘Bundesliga’, após ter derrubado o técnico do conjunto da casa, Christian Streich, quando tentava agarrar a bola que tinha saído pela linha lateral.

O lance provocou enorme confusão no terreno, com vários jogadores do Friburgo a acercarem-se do ‘capitão’ do Eintracht, entre eles o médio italiano Vincenzo Grifo, também ele expulso pelo árbitro e agora suspenso por três jogos pela DFB.

O Friburgo venceu o encontro por 1-0, resultado que lhe permitiu subir ao quarto lugar do campeonato.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.