O treinador Florian Kohfeldt vai manter-se à frente da equipa de futebol do Werder Bremen, apesar da má campanha na época 2019/20, que acabou com o clube a salvar-se ‘in extremis’ no ‘play-off’ de manutenção.

“Depois de um balanço muito aberto, muito honesto e muito crítico em relação à época, ao longo da qual não alcançámos os nossos objetivos… a equipa, como está definida hoje, vai manter-se”, informou o presidente do conselho de administração, Klaus Filbry.

O clube, que apenas uma vez esteve na segunda divisão, em 1980/81, evitou a despromoção esta temporada no último jogo possível, na segunda mão do ‘play-off’ que disputou diante do terceiro classificado da Bundesliga 2, o Heidenheim.

O técnico, que na carreira apenas treinou a formação do Bremen e chegou à equipa principal em 2017/18, admitiu então ter sido “um final feliz” de uma “época pobre”.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.