O presidente da Federação Cabo-verdiana de Xadrez, Francisco Carapinha, foi distinguido pela Federação Internacional de Xadrez, durante a Olimpíada de Xadrez que decorre em Batumi (Georgia) à categoria de árbitro e instrutor da FIDE.

Com esta distinção, Carapinha torna-se no primeiro cabo-verdiano a ser titulado e logo com duas distinções pela federação que rege a modalidade a nível mundial.

Em reacção à Inforpress, este líder federativo disse que estas distinções significam uma “clara afirmação” do xadrez cabo-verdiano, “agora também na cena internacional”, alegando que “fazer tanto em tão pouco tempo só está ao alcance de quem trabalha com objectivos bem definidos, com passadas firmes e com rigor”.

Relativamente ao título da árbitro da FIDE, explicou que doravante, Cabo Verde já tem um árbitro nos quadro internacional da FIDE e que a qualquer momento pode ser chamado a arbitrar competições internacionais, representando assim o país nas competições em que arbitrar.

“Mas é bom também dizer que este título é fruto de muito trabalho, dedicação e investimento financeiro, pois para obtê-lo fui árbitro em duas provas internacionais realizadas em Portugal, onde todas as despesas de transporte e alojamento foram custeadas pela minha pessoa”, ressalvou Francisco Carapinha, salientando que “não basta fazer o curso, como também é necessário arbitrar
pelo menos três provas válidas pela norma de árbitro FIDE.

Para o efeito, o líder federativo vai “estrear” o título de FA no Torneio Internacional da Figueira da Foz (Portugal), onde diz esperar obter uma norma, das outras três necessárias, para ascender à categoria de Árbitro Internacional (IA).

Relativamente ao título de FIDE Instrutor, disse ser o resultado do seminário que frequentou em Batumi, uma obrigatoriedade imposta pela FIDE para poder ser capitão da selecção de Cabo Verde na Olimpíada.

O título de FIDE Instrutor, em termos de categoria, afigura-se como o terceiro numa escala de cinco dos títulos de treinadores da FIDE, estando abaixo de FIDE Trainer Senior e FIDE Trainer e acima de Instructor Nacional e Developmental Instructor.

Já em Batumi, Carapinha supervisionou uma partida do lendário Oleg Romanishin.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.