O presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) disse hoje, na Cidade da Praia, que é preciso tempo de trabalho de modo a introduzir novas modalidades nos escalões futebolísticos em Cabo Verde.

Victor Osório reagia, assim, ao desafio lançado pela equipa de Real Júnior, da Ribeira da Barca, concelho de Santa Catarina, para a criação do campeonato regional de futsal para as regiões norte e sul de Santiago.

Segundo este dirigente máximo do futebol cabo-verdiano, é preciso dar tempo para que a Federação aplique novo programa, dado que ainda está-se no cronograma da época desportiva 2014/15, e no qual “não se pode ‘mexer’, porque foi aprovado na assembleia geral”.

“Nós temos um mandato de quatro anos, e já estamos a trabalhar nisso, no futsal, futebol de praia, futebol feminino e futebol jovem, e nos novos regulamentos, vamos ter tudo, dentro do tempo”, esclareceu.

E para dinamizar o futebol, Victor Osório sublinhou que o campeonato regional de futsal de Santiago Sul e Norte, com perspectiva de alargar às outras ilhas, vai ser uma realidade.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.