O 1.º de Agosto procura assegurar uma presença inédita na final da Liga dos Campeões africanos de futebol, na terça-feira, no terreno do Esperance Tunes, onde vai defender a vantagem de 1-0 alcançada na primeira mão, em Luanda.

Os tricampeões angolanos, comandados pelo sérvio Zoran Maki, já preparam o embate da segunda mão na capital tunisina desde sexta-feira, depois do triunfo alcançado em 2 de outubro, graças a um golo de Buá.

Antes da viagem para Tunes, o treinador adjunto do 1.º de Agosto Ivo Traça disse aos jornalistas que a equipa está "muito empenhada" em chegar à final, admitindo que o adversário "é forte, mas não poderoso".

Traça prometeu “determinação”, assegurando ainda que os jogadores “tudo farão para lutar pelo triunfo".

"Trabalhamos arduamente e a equipa está bem. Vamos viajar com objetivo de fazer um bom jogo e passar a eliminatória. O Esperance é forte e vai jogar no seu reduto. Apesar disso, temos respeito e não receio", frisou.

Posição idêntica foi expressa pelo atacante Geraldo, que realçou a motivação da equipa, apostada em contrariar as intenções da equipa tunisina.

"Há uma grande coesão e sentimento competitivo. Vamos lutar para conseguir a vitória", disse, indicando que a equipa não quer jogar apenas para o empate.

O 1.º de Agosto chegou pela primeira vez às meias-finais da Liga dos Campeões, depois de eliminar, nos quartos de final, o TP Mazembe, da RD Congo, que conquistou já cinco títulos continentais.

Em Tunes, os ‘militares’ vão defrontar um ‘colosso’ do futebol africano, que já venceu a prova em 1999 e 2011 e foi finalista vencido em 1999, 2000, 2010 e 2012.

A última vez que as duas equipas se defrontaram na prova foi em março e abril de 2013, na primeira eliminatória da Liga dos Campeões, quando os tunisinos venceram as duas partidas por 1-0.

Mas a memória que persiste na equipa é a final da então Taça dos Vencedores das Taças, em 1998, em que o 1.º de Agosto empatou 1-1 em Luanda e perdeu em Tunes por 3-1.

Na outra meia-final, o Al Ahly, do Egito, joga a segunda mão das meias-finais também terça-feira no terreno do Entente Sportive de Sétif, da Argélia, depois de, no primeiro jogo, também em 02 deste mês, ter vencido em casa a equipa argelina por 2-0.

A final da competição vai ser disputada a duas mãos, no início de novembro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.