O jogo de sábado frente ao Stade Malien, da última eliminatória de acesso à fase de grupos da Taça da Confederação Africana de Futebol, é visto nas hostes petrolíferas como uma final, de acordo com o técnico da equipa, Beto Bianchi.

O “grau” de importância da partida foi tido em conta esta quarta-feira, durante uma conferência de imprensa, na qual o treinador referiu ter sido difícil passar pelas eliminatórias anteriores.

Ciente das dificuldades a encontrar, Beto Bianchi disse ter preparado a equipa a fim de contrapor o porte físico e jogo aéreo dos malianos, que na sua opinião exploram bem esse aspecto.

Reiterou o objectivo de atingir à fase de grupos e mostrou-se favorável ao facto de ter que realizar o primeiro jogo fora de casa, sobretudo diante de um adversário forte que vem (rebaixado) da Liga dos Campeões.

“ Foi difícil passar, mas estamos mais próximos do nosso objectivo, que passa por chegar à fase de grupos”, sublinhou o técnico, cuja equipa viaja na tarde de quinta-feira para Bamako.

O jogo é referente à primeira mão, devendo a segunda acontecer uma semana depois na capital angolana, Luanda.

Para atingir esta etapa, os “petrolíferos” afastaram o Orapa do Botswana e o AS Nyuki da República Democrática do Congo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.