A polícia francesa deteve no domingo à noite 282 adeptos da seleção de futebol da Argélia que alegadamente se envolveram em incidentes, em várias cidades, durante os festejos do 14 de julho.

O Ministério do Interior indicou que o número de pessoas detidas pode aumentar e refere que a maior parte das detenções ocorreram em Paris sendo que 249 pessoas passaram a noite nas esquadras da capital.

Na capital francesa milhares de pessoas saíram às ruas para festejarem a qualificação da Argélia para a final da Taça das Nações Africanas (CAN2019), em particular nos Campos Elísios onde já se encontravam turistas e cidadãos franceses que assistiam ao espetáculo de fogo de artifício da festa nacional que assinala a Revolução Francesa (Tomada da Bastilha 1789).

Os incidentes com os adeptos da seleção argelina de futebol prolongaram-se durante a madrugada tendo a polícia lançado granadas de gás lacrimogéneo.

Registaram-se distúrbios em Lyon e Marselha onde foram queimados automóveis, paragens de autocarro e caixotes de lixo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.