A seleção angolana de futebol defronta às 18h30 desta sexta-feira a congénere do Lesotho, para a terceira jornada do grupo C, qualificativo ao CAN2015, no Reino de Marrocos. O jogo será realizado no Setsoto Stadium, um recinto de boa memória.

O histórico dos confrontos entre os contendores aponta quatro partidas disputadas entre si, três das quais no recinto localizado bem na cidade de Maseru, sendo a quarta em Moçambique (3-1), por ocasião dos dez anos da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

No Setsoto Stadium, palco do jogo de sexta-feira, os Palancas Negras venceram em 1999 (0-1) e voltaram a vencer em 2006 (1-3), ambos os jogos para o então torneio da Cosafa.

A única vez que os angolanos não foram felizes naquela infraestrutura foi no ano de 2000 em que saíram derrotados por 2-1, também na prova da Cosafa.

No confronto de sexta-feira não há margem de erros para Romeu Filemon e “pupilos”, os últimos do grupo sem pontuar, contra um ponto do adversário (terceiro da tabela). Uma vitória os relançaria na corrida a uma das duas vagas ao CAN do próximo ano, já o inverso, ficariam quase sem hipóteses.

Se no resultado entre si Angola leva vantagem de três vitórias contra uma, no Ranking da FIFA e da CAF também é teoricamente superior.

Na última atualização do órgão reitor do futebol mundial em outubro, apesar de ter descido 26 lugares, Angola é o 101.º colocado com 312 pontos, enquanto o Lesotho é o 115.º com 277.

Já ao nível de África – Angola tem mais sete lugares, ou seja, é o 27.º posicionado com 312 pontos, contra a 34.ª posição do oponente (soma 277 pontos).

Nas duas jornadas disputadas, a seleção angolana perdeu diante do Gabão, em Libreville (0-1), para a ronda inicial. Na segunda, no estádio 11 de Novembro, em Luanda, nova derrota de 3-0 diante do Burkina Faso.

O grupo C é liderado pelo Burkina Faso com seis pontos, seguido do Gabão (quatro), Lesotho (1) e Angola (00).

Setsoto Stadium, palco do Lesotho-Angola

O palco do Lesotho-Angola, às 18h30 denomina-se ”Setsoto Stadium”, com capacidade para 20 mil espectadores, menos 30 mil que o 11 de Novembro, em Luanda.

A infraestrutura múltipla localiza-se na capital do país, Maseru, sendo o recinto oficial no que ao desporto “rei” diz respeito.

O Setsoto Stadium foi renovado e ampliado, num processo que se estendeu até 2011, com a introdução de espaços para a prática de outras modalidades, que não o futebol, como quadra de ténis, piscina, pista de atletismo, entre outras mais-valias.

A infraestrutura, apesar de renovada, é o mesmo palco onde os angolanos voltam oito anos depois. Em 2006, a seleção angolana venceu a congénere local por 3-1, no torneio da então denominada Taça Cosafa, atual Taça da Confederação.

Angola jogou no mesmo recinto em mais outras duas ocasiões, designadamente em 1999 (vitória de 0-1) e em 2000 (derrota de 2-1).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.