Lass Bangoura, jogador do Rayo de Vallecano, pediu dispensa da seleção da Guiné-Conacri e abandonou o estágio com medo de ser contagiado com o vírus da ébola. O futebolista fê-lo sem a concordância da federação e assumirá uma possível sanção aplicada pelo organismo que gere o futebol daquele país.

Depois do seu clube lhe ter pedido que não se juntasse à sua seleção, em Marrocos, o avançado de 22 anos recuou e decidiu regressar a Espanha para evitar ser contagiado, dada a existência de jogadores provenientes da Guiné-Conacri na convocatória, que podem estar contagiados pelo vírus.

A Guiné-Conacri recebe o Gana este sábado (20 horas) e visita os ganeses quatro dias depois (17 horas), em partida de qualificação para a CAN 2015.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.