Moçambique recebe este sábado a seleção de Cabo Verde, em jogo da 3.ª jornada do Grupo F de apuramento ao CAN2015. Em campo estarão duas equipas que ainda não perderam mas que estão separados por quatro pontos: os "tubarões azuis" lideram o grupo com seis pontos, os "mambas" somam dois, resultado de dois empates.

Este é um jogo do muito importante para a formação moçambicana, uma vez que, se perder, fica numa posição delicada no grupo, embora ainda com hipóteses de seguir em frente.

O selecionador moçambicano afirmou durante a semana que, por jogar em casa, Os "mambas" iam assumir as despesas do encontro e jogar ao ataque perante aquela que é, na sua opinião, a melhor seleção do grupo.

Para levar de vencida a equipa crioula neste duelo de PALOP´s, o jogador Dário Khan apela a presença massiva do público no Estádio da Machava.

"Sei que não será fácil, mas em nossa casa temos que mandar. Nós faremos o nosso máximo para mandarmos neste jogo. Vamos tentar quebrar a invencibilidade de Cabo Verde. E estamos todos concentrados e convictos de que sairemos daqui com uma vitória. Para tal, é importante que os moçambicanos afluam em massa ao Estádio da Machava para apoiar esta seleção, que merece. O jogo não é só nosso, mas sim de todos os moçambicanos”, atirou.

Ricardo Campos é outro moçambicano que "transpira" confiança. O guarda-redes dos "mambas" diz que é possível vencer Cabo Verde em Maputo e na Praia.

"Estamos preparados para garantir os três pontos, porque é essencial para conseguir ter a presença assegurada no CAN. Vencendo aqui, vamos pressionar o nosso adversário e vamos a casa deles tentar ganhar. Temos muito valor e Cabo Verde também, mas temos que acreditar em nós”, frisou.

Dos 24 jogadores convocados por João Chiçano, dois foram dispensados devido a problemas físicos: Jojó do Desportivo Maputo e Mário do Ferroviário da Beira. Kito e Hélder Pelembe também apresentaram-se com mazelas mas recuperaram, pelo que estão prontos para atacar os "tubarões azuis".

A comitiva cabo-verdiana já está em Maputo, onde chegou esta quinta-feira. Dos convocados, apenas Ryan Mendes não poderá defrontar os Mambas. O avançado do Lille de França foi dispensado devido a lesão.

Este é o primeiro encontro oficial entre estas duas seleções a nível sénior. Moçambique já esteve em quatro fases finais de campeonatos africanos mas não marca presença num CAN desde 2010. Já Cabo Verde esteve na prova maior do futebol africano pela primeira vez em 2013, na África do Sul, onde chegou até aos quartos-de-final, onde foi afastado pelo Gana.

O jogo está marcado para às 15h30 locais (14h30 de Lisboa, 12h30 de Cabo Verde), no Estádio da Machava. Uma vitória de Cabo Verde deixa a turma de Rui Águas com um "pé e meio" no CAN2015.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.