No passado sábado, o Flamengo, comandado pelo português Jorge Jesus, conquistou a Taça Libertadores, algo que não acontecia há 38 anos.

Júlio César, antigo guarda-redes do Benfica e formado no clube carioca, era um dos adeptos apresentes no palco da final, em Lima, Peru, e após o segundo golo de Gabigol ao River, que valeu o troféu ao Flamengo, o antigo guardião brasileiro, emocionado, acabou por perder temporariamente os sentidos.

Júlio César caiu nas bancadas do Monumental de Lima, mas rapidamente recebeu ajuda dos amigos que estavam ali perto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.