O Boca Juniors qualificou-se na quarta-feira para as meias-finais da Taça Libertadores de futebol, ao empatar 0-0 na receção à Liga de Quito, depois de ter vencido por 3-0 no Equador.

O finalista vencido da final da principal competição sul-americana de clubes vai disputar as meias-finais frente ao vencedor do embate entre River Plate e os paraguaios do Cerro Porteño, cuja segunda mão está marcada para hoje, em Assunção, onde detentores do troféu chegam com uma vantagem de 2-0 conseguida em Buenos Aires.

Esta vai ser a 17.ª presença do Boca Juniors nas meias-finais da Libertadores.

Já o Flamengo, do treinador português Jorge Jesus, vai regressar a esta fase da competição 35 anos depois, graças ao empate 1-1 na visita ao Internacional de Porto Alegre.

O médio Rodrigo Lindoso inaugurou o marcador para o emblema de Rio Grande do Sul, aos 62 minutos, mas o ex-Benfica Gabriel Barbosa empatou, aos 85, assegurando a qualificação, após a vitória por 2-0 na primeira mão.

O emblema carioca, vencedor da Libertadores em 1981, mas que não chegava às ‘meias’ desde 1984, vai disputar uma vaga na final diante do Grêmio de Porto Alegre, vencedor do outro embate entre brasileiros, frente ao Palmeiras.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.