O Grêmio conquistou na quinta-feira a última vaga nos quartos de final da Taça Libertadores em futebol, ao vencer no reduto do Libertad por 3-0, na segunda mão dos oitavos de final da ‘Champions’ sul-americana.

Depois do triunfo caseiro por 2-0, o conjunto brasileiro resolveu em definitivo a eliminatória com três golos na primeira parte do jogo no Paraguai, um de Jean Pyerre, aos seis minutos, de grande penalidade, e dois de André, aos 20 e 45+2.

Nos quartos de final, o Grêmio vai encontrar os compatriotas do Palmeiras, de Luiz Felipe Scolari, que na terça-feira golearam o Godoy Cruz por 4-0, após um ‘nulo’ na Argentina.

A fase seguinte da prova tem outro duelo brasileiro, mais precisamente entre o Flamengo, orientado pelo treinador português Jorge Jesus, e o Internacional.

O Flamengo afastou o Emelec no desempate por grandes penalidades (4-2), depois de ganhar em casa por 2-0, com um ‘bis’ do ex-benfiquista Gabriel Barbosa, aos 10 e 19 minutos, o primeiro de penálti, anulando o 0-2 sofrido no Equador.

Por seu lado, o Internacional voltou a vencer o Nacional de Montevideu, agora por 2-0, com um golo de Rodrigo Moledo (16 minutos) e outro do peruano Paolo Guerrero (90+4), já autor do 1-0 no Uruguai.

Os outros dois embates dos ‘quartos’ contam com os dois ‘grandes’ argentinos, o Boca Juniors, que vai medir forças com os equatorianos da Liga de Quito, e o campeão em título River Plate, perante os paraguaios do Cerro Porteño.

Das oito equipas presentes nos quartos de final, o Cerro Porteño é a única que nunca venceu a competição: o Boca soma seis títulos, o River quatro, o Grêmio três, o Internacional dois e o Flamengo, o Palmeiras e a Liga de Quito todos um.

Os encontros realizam-se entre 20 a 22 de agosto (primeira mão) e 27 a 29 (segunda).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.