O guarda-redes Franco Armani foi na terça-feira o ‘herói’ do campeão River Plate, que se qualificou para os quartos de final da Taça Libertadores em futebol, ao bater fora o Cruzeiro no desempate por penáltis por 4-2.

Depois de dois jogos sem golos, o apuramento decidiu-se na ‘lotaria’, já que esta fase da prova não prevê prolongamento, e os argentinos superiorizaram-se, muito por culpa de Armani, que parou os pontapés de Henrique e David.

O uruguaio Nico De La Cruz, Gonzalo Montiel, Lucas Martínez e o colombiano Santos Borre, que apontou o quarto e último, selaram o apuramento do conjunto de Marcelo Gallardo, que, assim, continua na corrida à revalidação do cetro.

Por seu lado, o Cruzeiro, que segue apenas no 16.º lugar do campeonato brasileiro, esteve muito perto da surpresa, mas caiu na ‘lotaria’, com o técnico Mano Menezes a quebrar a tradição de seguir em frente após vitória ou empate na primeira mão.

Nos quartos de final, o River Plate vai encontrar o vencedor do embate entre os compatriotas do San Lorenzo e os paraguaios do Cerro Porteño, que se defrontam hoje no Paraguai, depois do empate a zero registo na Argentina.

Quanto aos outros jogos de hoje, destaque para os brasileiros do Flamengo, de Jorge Jesus, que recebem os equatorianos do Emelec, depois do desaire fora por 2-0.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.