O Monumental de Lima, estádio que este sábado vai ser receber a final da Taça Libertadores entre Flamengo e River Plate, foi assaltado na madrugada da última quarta-feira. Centenas de equipamentos de telecomunicação foram roubados.

De acordo com a Radio Programas del Peru (RPP News), ao todo, terão sido levados 119 rádios portáteis (walkie talkies), 90 cabos, 65 baterias, três carregadores e diversos acessórios. Já esta sexta-feira a polícia do Peru confirmou o roubo dos materiais que se encontravam no interior do estádio e que seriam usados durante a final.

Curiosamente, poucas horas antes do roubo o presidente da CONMEBOL, Alejandro Domíngez, tinha elogiado o bom comportamento dos adeptos peruanos até ao momento.

Trata-se do mais recente entre vários contratempos com que se deparou a organização desta final, a qual estava  inicialmente estava marcada para Santiago, no Chile, mas que foi transferida para o Peru em virtude da instabilidade sociopolítica e dos protestos populares que invadiram a capital chilena.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.