O Tribunal Arbitral do Desporto confirmou hoje o título do River Plate na Taça dos Libertadores de futebol, em 2018, mas impôs ao clube argentino a sanção de jogar à porta fechada nos dois próximos jogos da competição.

Através de um comunicado, e depois de o Boca Juniors ter contestado o encontro, o TAS reconheceu o River Plate como campeão da prova naquele ano, quando venceu (3-1) o ‘rival’, no jogo da segunda mão da final, disputada no Estádio Santiago Bernabéu, em Madrid.

Contudo, a sanção aplicada deve-se aos incidentes ocorridos nas imediações do Estádio Monumental (casa do River), em Buenos Aires, nomeadamente ao ataque ao autocarro que transportava o plantel do ‘Boca’, para jogar o encontro da segunda mão da final, mudada posteriormente para a capital espanhola.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.