O internacional português do Bayern Munique não escondeu a sua frustração pela falta de oportunidades concedidas pelo técnico Niko Kovac, nomeadamente no último jogo dos 'bávaros' frente ao secundário Heidenheim, para a Taça da Alemanha.

Renato Sanches não saiu do banco de suplentes no jogo com o Heidenheim, e no final do encontro fez um apelo  ao treinador do Bayern Munique para que jogue mais vezes.

"Não sou eu que escolho os jogadores. Aguardo pela minha oportunidade e continuo a trabalhar. É claro que quero jogar mais. A temporada ainda não acabou. Faltam dois meses e tudo é possível, mas não sei", começou por dizer Renato Sanches após o jogo com o Heidenheim, citado pelo jornal A Bola.

Assumindo que não está feliz na condição de suplente não utilizado, Renato Sanches afirmou ainda que é complicado continuar motivado perante a sua atual situação.

"É claro que é [complicado continuar motivado], mas isto é futebol. Estou na expetativa e não estou feliz", acrescentou o médio português formado no Benfica.

Com contrato com o Bayern Munique até 2021, Renato Sanches revelou ainda que o treinador não lhe explicou porque não tem jogado: "Não, ele não falou. Mas a decisão é dele e não minha".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.