Costinha põe de lado a preocupação que se levantou entre os portugueses depois do empate a zero com a Macedónia.

«As pessoas estão um bocado preocupados depois do que se viu no jogo com a Macedónia, mas é preciso lembrar que foi apenas um jogo de preparação e o primeiro depois de os jogadores se terem reunido. Acredito que com a Turquia será diferente», disse o o ex-jogador.

Sobre a receita para Portugal ultrapassar a fase de grupos, onde terá como adversários Dinamarca, Alemanha e Holanda, Costinha pede «sacrifício e ambição».

«Temos de ter um espírito de sacrifício e muita ambição. Um coletivo muito forte e dentro desse sairá um jogador que fará a diferença», rematou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.