O hotel de Gniewino, Polónia, quartel-general da seleção espanhola de futebol durante o Euro2012 em futebol, foi construído sem ter as licenças geotécnicas necessárias, parte destas falsificadas para poder edificar o recinto na ladeira de uma colina.

Esta situação «pode por em perigo a vida ou a saúde de muitas pessoas», revela um relatório da Agência Polaca Anticorrupção (CBA), que fala em risco de colapso da estrutura do edifício em caso de movimentos de terra.

As conclusões da CBA já estão na mesa da procuradoria, segundo informou hoje a emissora de televisão polaca TVN24.

Os proprietários do hotel de Gniewino contavam com permissão para construir um edifício com capacidade para 150 hóspedes.

A CBA revela que o hotel com capacidade para 250 hóspedes foi construído sem um relatório positivo dos geólogos que confirmassem a estabilidade de uma ladeira, onde podem ocorrer movimentos de terra.

Por seu turno, a empresa proprietária das instalações critica o relatório «prejudicial» e assegura que conta com toda a documentação necessária, acrescentando que a saúde e segurança das pessoas que se alojam no hotel não corre perigo.

A Espanha revalidou o título europeu depois de vencer a Itália por 4-0, a 01 de julho, no Estádio Olímpico de Kiev.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.