A UEFA decidiu multar o avançado italiano Antonio Cassano por comentários homofóbicos numa conferência de imprensa, durante o Campeonato da Europa de futebol de 2012, anunciou esta sexta-feira o organismo.

Em comunicado, a UEFA diz ter imposto uma multa de 15 mil euros ao avançado do AC Milan por «declarações discriminatórias à comunicação social», sem, no entanto, referir as palavras que Cassano utilizou.

O internacional transalpino provocou indignação devido a uma conferência de imprensa, em 12 de junho, durante a qual utilizou uma expressão pejorativa para descrever os homossexuais e disse ainda esperar que nenhum dos jogadores da “squadra azzurra” fosse homossexual.

A UEFA acrescenta ainda que Cassano pode recorrer da punição, no prazo de três dias depois de ter sido notificado por escrito.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.