Com a pandemia de Covid-19, a UEFA viu-se obrigada a seguir as principais ligas europeias e a suspender a Liga dos Campeões e a Liga Europa, que tinha jogos marcados para a próxima semana.

Com as ligas europeias paradas, o calendário aperta a cada dia que passa e a probabilidade do Euro2020 ser jogado na data que estava marcada (12 de junho a 12 de julho) vai diminuindo com o tempo.

De acordo com o jornal britânico 'The Telegraph', o organismo que comanda o futebol europeu considera em mexer o Europeu para o mês de dezembro, de forma a dar tempo a que as ligas recuperem o tempo perdido e completem as respetivas jornadas.

Contudo, as hipoteses vão surgindo a cada dia que passa e este sábado,  Evelina Christillin, membro do comité da FIFA e da UEFA, em declarações ao jornal italiano Il Mattino, afirmou que a organização se encontra a analisar a hipótese de passar o Euro para 2021.

"Eu não posso falar pelos outros, mas eu acredito que é oportuno deixar tempo para que as ligas nacionais se concluam, adiando o Euro por um ano", afirmou.

Europeu de inverno? Euro2021? Outra solução? A verdade é que só na próxima terça-feira se obterá a resposta final a esta questão, depois de Aleksander Ceferin, presidente da UEFA reunir, via videoconferência, com a Associação Europeia de Clubes, com as Ligas e com as Federações nacionais.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.