Declarações de Diogo Jota, avançado da seleção portuguesa, à RTP, após o triunfo sobre o Luxemburgo (2-0), no Stade Josy Barthel, que deu o apuramento para o Euro 2020.

[Lance do 2-0] "Estive na jogada desse golo, a minha missão era ajudar. Desde fora vi as dificuldades que estávamos a sentir, ao nível do campo e da entrega do adversário. Era difícil colocar o nosso futebol de pé para pé em prática. Conseguimos uma grande vitória. Claro que era um grande orgulho para mim marcar o primeiro golo pela seleção, mas não importa quem marca, importa é ganhar."

"Somos os atuais campeões europeus. Sabemos que é uma responsabilidade, o quanto as outras equipas nos querem ganhar. Vai ser uma missão extremamente difícil."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.