Fernando Santos considerou, esta quinta-feira, que a lesão de André Gomes foi "assustadora", mas mostrou-se confiante na recuperação total do médio do Everton.

"Recebi a notícia com muita tristeza. Foi uma lesão assustadora. Não estava a ver o jogo. Recebi logo uma mensagem de um colaborador meu, que estava no jogo e aconteceu à frente dele. Fui logo ver as imagens. Foi um momento triste, é uma lesão diferente. Disse ao André para ter força, sei que vai recuperar e que vai voltar tão forte como era. Tem um futuro brilhante", afirmou o selecionador português, na conferência de imprensa de divulgação dos convocados para os duelos com Lituânia e Luxemburgo, de apuramento para o Euro2020.

André Gomes, de 26 anos, lesionou-se no último domingo, no jogo frente ao Tottenham, da 11.ª jornada da Liga inglesa de futebol, que terminou empatado 1-1.

Aos 78 minutos, o médio foi derrubado pelo sul-coreano Son Heung-Min, acabando por torcer o tornozelo direito no momento em que apoiou a perna no chão. Son foi sancionado com um cartão amarelo pela entrada, mas o árbitro Martin Atkinson acabou por retificar a decisão e mostrou o cartão vermelho direto ao avançado sul-coreano.

André Gomes integrou a última convocatória da seleção portuguesa, para os jogos frente ao Luxemburgo (vitória por 3-0) e à Ucrânia (derrota por 2-1), para substituir o também lesionado William Carvalho.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.