A UEFA instaurou processos disciplinares contra a Bulgária, depois dos cânticos racistas dos seus adeptos frente a Inglaterra, no jogo desta segunda-feira, do Grupo A de apuramento ao Euro 2020.

O processo foi aberto pela comissão de disciplina por "comportanto racista" e tem por base o que foram considerados "cânticos e saudações nazis", além de arremesso de objetos e outras situações irregulares no jogo de qualificação para o Euro2020, em que os ingleses golearam por 6-0.

De recordar que o jogo teve de ser interrompido em duas ocasiões, devido aos cânticos racistas de alguns adeptos búlgaros contra os jogadores ingleses de origem africana, como Rashford, Mings e Sterling.

O ataque feroz da imprensa inglesa contra os atos racistas em Sófia
O ataque feroz da imprensa inglesa contra os atos racistas em Sófia
Ver artigo

Os incidentes no jogo de segunda-feira já provocaram o pedido de demissão do presidente da União Búlgara de Futebol, Borislav Mihaylov, bem como manifestações de repúdio generalizadas, incluindo do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.

A Inglaterra goleou os búlgaros por 6-0 e mantém a liderança do Grupo A com 15 pontos, mais três que a República Checa e mais quatro que o Kosovo.  O jogo de segunda-feira ficou marcado pelos persistentes insultos de adeptos búlgaros a vários jogadores ingleses, entre eles Tyrone Mings, que levaram o árbitro a interromper duas vezes o encontro.

Também foi claramente visível que os adeptos da seleção anfitriã presentes no Estádio Nacional Vasil Levski, em Sófia, efetuaram saudações nazis.

O organismo que rege o futebol europeu disse esta terça-feira estar empenhado em erradicar o racismo do futebol, considerando que só com um esforço conjunto com governos, federações e organizações não governamentais (ONG) poderá ter êxito nessa missão.

Entretanto, a FIFA também fez saber que poderá estender as eventuais sanções a nível global, caso o organismo europeu opte por castigar a federação búlgara.

*Artigo atualizado às 19h04

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.